Residência Kamoso - Kakegawa

Lírios japoneses de cores variadas, na plena floração, em frente ao casarão do chefe da vila (Shoya Yashiki) Kamo-so; Cidade de Kakegawa, Província de Shizuoka

Lírios japoneses de cores variadas, na plena floração, em frente ao casarão do chefe da vila (Shoya Yashiki) Kamo-so; Cidade de Kakegawa, Província de Shizuoka
Íris japonesa, destacada pela beleza natural das montanhas ao redor do vilarejo e da parede branca.

Íris japonesa, destacada pela beleza natural das montanhas ao redor do vilarejo e da parede branca.

map

Kakegawa era a vigésima sexta estação de correio (Shukuba-machi) da rota Tokaido, partindo de Tóquio. Era também a cidade do castelo de Kakegawa Rokumangoku. Em Harasato, região tranqüila com plantações de arroz a noroeste de Kakegawa, fica o casarão de chefe da vila, Kamoya-so.

A família Kamo, uma família antiga que se manteve desde a era Momoyama, possui diversos documentos da era Edo, incluindo carta de Ieyasu Tokugawa, daimyo do castelo de Hamamatsu em 1589. Grande parte da construção atual é datada de 1773, sendo uma rara arquitetura de mais de 240 anos. Os lírios japoneses que florescem em frente ao portal do casarão do chefe da vila são tidos como um indicador para a agricultura, pois florescem na época de chuvas, sendo cultivadas para afastar más energias desde tempos remotos. Na plantação de Íris, são preservados ou cultivados mais de 500 mil pés de 500 espécies em uma área de cerca de 1 ha, desde flores antigas que foram mantidas desde o início da era Meiji, até novas aquisições e cultivares aperfeiçoados.

Portal Nagaya-mon e casarão da família Kamo, arquitetura de meados da era Edo

Portal Nagaya-mon e casarão da família Kamo, arquitetura de meados da era Edo

Salão “Dei”-no-ma, local das refeições da família

Salão “Dei”-no-ma, local das refeições da família


Topo da página

Cenário japonês

Welding Handbook Especificações técnicas Segmentos Indústria Vídeo Cenário japonês KOBELCO ARC over the last decade (2008~)